Dicas do Protegildo: Atenção Para As Regras de Ouro

Atenção Para As Regras de Ouro

Visando melhor relacionamento entre as pessoas, funcionamento adequado dos processos e eficiência empresarial, muitas empresas estipulam regras que devem ser cumpridas diariamente.

Mas ainda existe nas organizações um conjunto de normas mais restrito e essencial para a saúde e segurança do trabalhador. Você já ouviu falar das “regras de ouro”?

Quais atividades contempla?

As “regras de ouro”estão relacionadas com os grandes riscos de acidentes sérios ou fatais presentes na maioria das empresas. Ainda assim, situações específicas de alto risco encontradas em cada tipo de atividade laboral devem fazer parte das “regras de ouro”de sua organização.

É fácil perceber que as regras de ouro têm a ver com:

  • Trabalho em altura;
  • Espaços confinados;
  • Eletricidade;
  • Bloqueio de máquinas e equipamentos ou “energia zero” (trancar, etiquetar, testar);
  • Veículos e equipamentos móveis;
  • Operações e trabalhos a quente, soldagem;
  • Uso de explosivos;
  • Cargas suspensas;
  • Substâncias e materiais de alta toxicidade (perigos químicos);
  • Fusão de metais, metal líquido, siderurgia;
  • Substâncias e instalações criogênicas;
  • Substâncias radioativas;
  • Uso do nitrogênio.

ATENÇÃO

Verifique quanto dos casos acima sua empresa pode apresentar e respeite as “regras de ouro”!\

Fonte: Revista Proteção, Dicas do Protegildo.

Compartilhe

Comments are closed