Dicas do Protegildo - Revista Proteção, Legislação, NR 18, Saúde e Segurança do Trabalho
Segurança no Trabalho de Transporte de Carga em Elevadores à Cremalheira

Segurança no Trabalho de Transporte de Carga em Elevadores à Cremalheira

Gestão de NR 35 Banner Estilo 01

O elevador de cremalheira, que é utilizado na construção civil durante a fase de estrutura das obras, tem por objetivo o transporte vertical de materiais, equipamentos e pessoas. Relativamente simples desde sua montagem, operação, manutenção e desmontagem, é uma solução prática, simples e de baixo custo no setor da construção civil.

Os riscos associados à elevação e transporte de cargas são diversos, sendo que muitos deles podem provocar acidentes fatais. Para evitar estas ocorrências, a NR 18 aponta algumas medidas de segurança a serem adotadas pelos trabalhadores durante a execução da atividade em elevadores tracionados à cremalheira.

Ao trabalhar com o elevador de cremalheira:

  • O operador do elevador deve possuir qualificação para o serviço;
  • Verifique se a capacidade máxima de carga (em quilo) não ultrapassa o limite;
  • Observe se a lâmpada interna possui proteção e se clareia bem o ambiente;
  • Certifique-se de que os dispositivos de segurança estão instalados e em perfeito funcionamento (limite de curso inferior e superior e os sensores de segurança das cancelas);
  • Veja se além da cancela externa do elevador de cremalheira, há existência de barreiras de proteção. Também verifique se a rampa de acesso possui guarda-corpo lateral em cada lado e piso antiderrapante;
  • Verifique se há placas de carga máxima no interior do equipamento, assim como se os testes de freio de emergência são feitos a cada 3 meses;
  • O transporte simultâneo para cremalheira pode ser realizado, mas apenas com o operador e a carga. No entanto, tem que haver uma separação física, ou seja, uma barreira – pode ser uma porta pantográfica;
  • Peças compridas (longas) que ultrapassem o teto do elevador de cremalheira não devem ser transportadas por este equipamento, assim como materiais que ultrapassem os ombros do operador, pois dificultam a visibilidade do mesmo em relação à cancela e ao sistema de comando;
  • Certifique-se de que as cancelas estão bem fechadas (as duas);
  • É proibido o transporte de materiais com as cancelas abertas, mesmo como alçapão que deve ser usado apenas para acesso dos montadores, mecânicos e eletricistas;
  • Ao constatar qualquer irregularidade no equipamento de transporte, paralise a atividade e comunique a ocorrência à equipe de SST.
Fonte: Revista proteção, Dicas do Protegildo.
Gestão de NR 35 Banner Estilo 01

Facebook Comments

3 Comentários


  1. salome martins

    20 de agosto de 2016 at 12:33

    Bom dia!
    Muito boa as informações.

    Reply

  2. Edi Carlos de Acantara

    7 de setembro de 2016 at 10:24

    Apesar de não evitar o acidente, pode minimizar os impactos e ajuda a prevenir doenças em caso de exposição a agentes insalubres.

    Reply

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

E-Book Grátis

Acessar o E-Book Grátis

Sobre André Chaves


Engenheiro Ambiental com pós graduação em Engenharia de Segurança pela Universidade Fumec, presto consultoria na área de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional. Acredito na aplicação da SST nas empresas de forma a oferecer o máximo de segurança aos trabalhadores, sem que isto onere demasiadamente os empregadores.