Dicas de Segurança na Operação de Pontes Rolantes

Segurança na Operação de Pontes Rolantes

São muitas as situações de riscos nas operações com pontes rolantes. Por isto, é extremamente importante o operador deste equipamento conhecer e cumprir todas as normas de segurança recomendadas para este serviço a fim de neutralizar ao máximo a possibilidade de um acidente envolvendo esta operação.

  1. Antes de iniciar a jornada de trabalho, o operador deve realizar uma inspeção visual no equipamento. Caso observe qualquer anomalia, tanto na inspeção inicial quanto ao longo da atividade, comunique a chefia de imediato. Isto faz-se necessário para o cumprimento do item 11.1.8 da NR 11, que prevê que estes equipamentos devem ser permanentemente inspecionados, e se encontradas deficiências em alguma peça, esta deverá ser imediatamente substituída.
  2. A manutenção de pontes rolantes cabe apenas a profissionais especializados, sendo que, antes de qualquer serviço deste porte, é necessário desernegizar o equipamento e instalar sinalização de alerta no quadro de energia e de comando.
  3. É obrigatório o uso de crachás de identificação, por parte dos operadores de pontes-rolantes, constando nome, foto, tipo de equipamento autorizado a operar, prazo de validade, data e assinatura do emitente. O crachá deve ficar visível a todos, conforme previsto no item 11.1.6 da NR 11.
  4. Faça uso correto dos EPIs indicados para a atividade: capacete, luvas e óculos de segurança, protetores auriculares e botinas com biqueira de aço. Caso observe que algum deles se encontra danificado solicite a troca imediata.
  5. A operabilidade de pontes-rolantes só é permitida a profissionais devidamente habilitados, treinados e aprovados em testes específicos, conforme verifica-se no item 11.1.5 da norma regulamentadora 11.
  6. Ao fazer movimentação de carga, avalie seu peso e demais condições e conheça a capacidade da ponte rolante, selecionando o cabo de aço auxiliar adequado ao tipo de carga e peso. Para o içamento, faça-o com cuidado e lentamente.
  7. Durante a elevação da carga, certifique-se de que há espaço suficiente para que ela seja içada, tomando cuidado com possíveis instalações aéreas (tubulações de água, gás e elétricas). Nunca passe a carga sobre pessoas.
  8. Verifique sempre se os cabos ou correntes não estão cruzados. Além disto, nunca os estique repentinamente.
  9. É proibido suspender ou descer pessoas com a ponte. Equipamentos que serão utilizados para movimentação de pessoas requerem condições especiais de segurança, que as pontes rolantes não possuem.
  10. Não posicione mão e pés debaixo da carga.
  11. Mantenha distância mínima de 2 metros entre as cargas suspensas por pontes rolantes que trabalhem no mesmo trilho.

Operador de ponte rolante

Opinião do autor:

Como toda atividade que requer operação de máquina ou equipamento, a operação de pontes rolantes envolve diversos riscos para os trabalhadores que encontram-se na área.

Assim como as demais operações que envolvem riscos acentuados, é importante haver a elaboração da APR (Análise Preliminar de Risco), a fim de identificar os riscos que existem e definir os procedimentos de trabalho necessários para que a atividade seja realizada de forma responsável e segura.

 

 

E você, o que acha sobre os cuidados para operação de pontes rolantes? Participe, deixe um comentário!

Fonte: Revista Proteção, Dicas do Protegildo.
Compartilhe

Comments are closed